sábado, 25 de dezembro de 2010

Atarefados


“ ...as pessoas julgavam por aquilo que viam, isolavam aqueles aspectos para depois aumentar os rumores e provocar uns aos ouros com possibilidades. Todo mundo se inventava e depois inventava os outros.”

domingo, 19 de dezembro de 2010

Sinto-o com pedaços de mim em sua boca...

Pedro Abrunhosa



Mais um dia que acaba
e a cidade parece dormir,
da janela vejo a luz que bate no chao
e penso em te possuir.
Noite após noite, ha ja muito tempo,
saio sem saber para onde vou,
chamo por ti, na sombra das ruas,
mas só a lua sabe quem eu sou.
Lua, lua,
eu quero ver o teu brilhar,
lua, lua, lua,
Eu quero ver o teu sorrir.

Leva-me contigo,
mostra-me onde estas,
é que o pior castigo
é viver assim, sem luz nem paz,
sozinho com o peso do caminho
que se fez para tras...
Lua, eu quero ver o teu brilhar,
no luar, no luar.

Homens de chapéu e cigarros compridos
vagueiam pelas ruas com olhares cheios de nada,
mulheres meio despidas encostadas à parede
fazem-me sinais que finjo nao entender.
Loucas sao as noites, que passo sem dormir,
loucas sao as noites.
Os bares estao fechados ja nao ha onde beber,
este silencio escuro nao me deixa adormecer.
Loucas sao as noites.

Nao ha saudade sem regresso, nao ha noites sem
madrugada,
Ouco ao longe as guitarras, nas quais vou partir,
na névoa construo a minha estrada.

Loucas sao as noites, que passo sem dormir,
loucas sao as noites.
Loucas sao as noites, que passo sem dormir,
loucas sao as noites...


                                                             ***



Faz meus olhos se abrirem na escuridão da noite, onde me vejo certas vezes em outros corpos, em outros ritmos, sem me conter, com saltos de botas barulhando calçadas européias antigas, cabelos em ventania, fogo no peito, boca entreaberta, as costas arrepiadas...ombros que batem em paredes de pedras, mãos tateando o ar...ânsia de ter, de pegar, agarrar e parar de sentir, sentindo...




sábado, 18 de dezembro de 2010

Olhos escuros


Ele abriu a porta quando a viu chegando. Já a esperava. Ela entrou e grudou-se a ele cheirando-lhe a nuca, as mãos apertando-lhe o peito e apertando os seus nas costas dele. Passando as trancas na porta ele virou-se para ela que lhe beijou a boca bem feita de cheio. Estava ávida por ele, os dias se passaram com o cheiro dele a zonzear-lhe a cabeça e os sentidos. O cheiro fresco da pele fria e doce dele. Nunca um homem tivera um cheiro tão delicioso assim! Beijou-o apertando-se a ele, correndo as mãos pelo corpo forte dele e tendo as dele pelo seu também. Mãos fortes e ágeis. Pesadas mas estranhamente sabedoras de suavidade. A boca que beija bem, beija grande, com fome! Imprensou-o contra a porta, ele riu. Risada de guri. Ela achava engraçadinha a risada dele. Sorriu sem responder nada ao “o que é isso mulher?!” Enfiou a mão dentro da bermuda sentindo-o duro. Adorava quando o encontrava assim, fazia com que se senti-se forte, pois sabia que ele estava na expectativa de sua chegada. Bobagens de poderes que as mulheres pensam possuir. Ela é como as outras mulheres, sente-se bem ao ver que alguém reage assim tão prontamente a sua imagem. Ele tenta se mover mas ela faz pressão para ele ficar onde está. Ele é fortíssimo, ela quase não consegue segurá-lo pres o a porta. Arranca-lhe a camiseta rapidamente, não ocupa o tempo beijando-lhe o peito a barriga, deixa isso para depois, agora vai direto para a bermuda, baixa-a, a cueca box também, mas com um pouco de pena pois ela cabe nele perfeitamente bem. Gosta do que vê, mas quer mais do que aquela visão. Ele empurra seus cabelos para trás quando ela se abaixa e o põe na boca. Ele adora isso! Adora sentir sua boca úmida ali sugando-o em movimentos giratórios. A língua subindo e descendo em linhas e círculos. Ela aperta as coxas grossas dele. Sente a sua pele fria e seu gemido. Ele puxa os cabelos dela. Ela não gosta muito disso, mas sabe que ele quer vê-la enquanto o tem na boca daquele jeito que quis tê-lo depois de tantos dias longe dele. Ela treme debaixo do vestido florido com o coração disparado. Quer continuar onde está, também adora senti-lo dentro da boca, mas ao mesmo tempo quer mais, quer o resto do que se quer quando se está em profundo desejo por alguém, quer tudo e tudo é pouco, sempre se quer mais! Quer tudo ao mesmo tempo! Quer possuir e ser possuída, quer força e suavidade, quer boca e mãos, quer apertar suas costas, sua bunda, quer sentir as pernas fortes dele de encontro as suas coxas, o peito dele nas suas costas, a boca macia dele na sua nunca, nos braços, quer ser virada para todos os lados, ouvindo a risada dele. Quer perguntar “o que você quer agora?”, Quer vê-lo não conseguir responder porque está com aquela expressão deliciosa no rosto lindo, com os olhos fechados, fazendo-a sentir-se tonta de alegria enquanto ele goza.  Querendo tudo isso, puxa-o e vão para o tapete, rindo, os dois.   

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Incompreensões


Mula sem cabeça.
Já diz: sem cabeça!
Como que ela tem uma estrela de fogo na testa e põe fogo pelas ventas????
Desde criança, nunca entendi...

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Teu tempo já era!

A pessoa que você é e quem eu sou agora, só aumenta nossa distância. 

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Gatos!

Lisbeth, minha sobrinha espanhola, filha do Ed, irmão da minha alma. 
Chiquetérrima com ares de pensadora com a mãozinha no queixinho! Own...Lourinha como a tia...aiai...


**Fofo e Peta! Segui sua recomendação, Paulo querido, e lí o que escreveu sobre seus bebês! Filhos caninos, bichanos, com asas ou dentucinhos, é o que nos faz felizes, então, sejamos mais ainda!

sábado, 27 de novembro de 2010

Gente boa de verdade!!!

Julyana Bueno




Aniversário da Ju!

As pessoas vêm e vão nas nossas vidas. Tem amigos que tive de quem sinto saudade. De outros, a mais profunda aversão daqueles dias...mesmo que eu e até eles tenham sido sinceros em algum momento. Eu gosto das pessoas, tanto que escrevo sobre elas! E faço questão de ter amigos. Faço questão de ter alguém a quem querer bem! Faço questão de ser alguém a quem certas pessoas querem bem! Não é necessário que sejam todos, nem muitos não! Gosto desses, que vez ou outra dizem “Jack! Gosto de você!”, e eu sei que é de verdade.  Que olham para aquele ser obtuso e mau e dizem “a gente tbm o detesta!” Rsrs...porque se solidarizam, porque são generosos e tomam nossas dores. Porque sentem amizade. Eu sou assim com meus amigos. E gosto deles serem assim comigo também.

A Ju além de linda, é doce e tem um jeito calmo de falar. Não a confundam com alguém passivo! Não! Sabe ser brava também! Mas é generosa, e tem um coração imenso! No aniversário dela a festa foi legal, rimos muito e matei as saudades dela e da Chirley, a quem estendo aqui os comentários. Minha amiga queridíssima! Uma das pessoas que mais amo no mundo! Essa foto é linda, conseguimos até fazer com que o Hiago aparecesse! E o Scoob, que me ama, eu sei, rsrs...Faltou a Di, mas sempre falta um, rs, isso quando não apagam todas as nossas fotos! Aff!



Pra Ju eu desejo mais sucesso ainda! Que ela ache aquele homem que ela merece, que cada vez conheça mais o mundo e se divirta!
Essa família, da qual a Ju faz parte, integrante tardio mas permanente!,  chegou em uma época que eu precisava muito de gente BOA DE VERDADE perto de mim! Então, claaaro, só quero é que continuem pra sempre comigo!!!!!

Ju! Linda! Mais uma vez, toda a felicidade do mundo pra você!!!!!

Um pouquinho dos amigos da Ju que se divertiram muito na festona dela!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Headphones gritando!

Zach Ashton – Sugar and Spice
Tiziano Ferro – Imbranato
Skank – Chega Disso!
Sizpence None teh Richer – Brethe your name
Raul Seixas e Camisa de Vênus – Muita estrela pra pouca constelação
Placebo – Pure Morning
Pedro Abrunhosa – Lua
Paulo Ricardo – Beautiful girl
Osvaldo Montenegro – Estrelas
Orishas – Bruja
New Order – Regret
New Young – Harvest Moon
Natalie Imbruglia – Shiver
Maskavo Roots & Tribo de Jah – Quando o sol se pôr
Marisa Monte – Bem que se quis
Madonna – Bye Bye Baby
Lulu Santos – Pop Star
Los Porongas – Enquanto uns dormem
Led Zeppelin – Misty Mountain Hop
KoRn – Blame
James Taylor & Joni Mitchel – Something in way she moves
James Blunt – High
Jack Jhonson – Constellations
Guess Who – These Eyes
Garotas Suecas – Difícil de domar
Flavio Venturini – Beija Flor
Faichecleres – A boca cadela
Erasure – L’amour
Elvis Presley – A Little Less Conversation
Echo and the Bunnymem – Bring on the Dancing Horses
Dire Straits – So far Away
Diogo Nogueira – Batendo a porta
Cher – Walking in Menphis
Bush – The Chemicals Between Us
Boy George – Hare Krishna
Bonnie Tyler and Elton John – Don’t go breaking my heart
Bob Marley – There she goes
Bob Dylan & Grateful Dead – Stuck in the midlle with you
Blues Etílicos & Ed Motta & Flavio Guimarães – The Love
Blondie – French Kissing in the USA
Blindagem & Bartenders – Meu Ofício é o Rock’n’roll
António Zambujo – Beijos de Fogo
Ana Carolina – 2 Bicudos
Almir Sater e Renato Teixeira – Amanheceu
Allman Brothers – Blue Sky
Alice in Chains – Heaven Beside You
Alex Band – All for you

Alanis Morrisette – Hands Clean
Adriana Calcanhoto – E o mundo não acabou
AC/DC  - Who made who
A Cor do Som – Magia Tropical
3 Doors Down – Let me go

**Pra brincar de listas com vcs meninos! rs...

Porque o menino Paulo me fez lembrar dela...

"You're old enough some people say
To read the signs and walk away
It's only time that heals the pain
And makes the sun come out again"


Supertramp - It's rainning again

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Adivinha o motivo?


 
“-Vai ficar meio solitário ao meu lado.
-Sempre foi meio solitário ao seu lado. Mas eu não escolheria nenhum outro lugar no mundo.”

“-Por que é sempre tão triste? Você já teve outra vida. Já viveu momentos felizes! Pense neles!
-Não posso.
-Por que?
-Porque esses momentos, embora tenham sido bonitos, se tornaram cruéis.”


sábado, 13 de novembro de 2010

Para ler apreciar e...se assutar! rs...

"Um blog de contos, histórias fictícias e algumas baseadas em fatos reais. Ou será que todas são baseadas em alguma coisa real, mesmo que quando escrevemos, não nos damos conta disso? "


http://www.eddusi.com/

Dia ruim, dia péssimo, dia do inferno.

My my, hey hey
Rock and roll is here to stay
It's better to burn out
Than to fade away
My my, hey hey.
Out of the blue
and into the black
They give you this,
but you pay for that
And once you're gone,
you can never come back
When you're out of the blue
and into the black.
The king is gone
but he's not forgotten
This is the story
of a Johnny Rotten
It's better to burn out
than it is to rust
The king is gone
but he's not forgotten.
Hey hey, my my
Rock and roll can never die
There's more to the picture
Than meets the eye.
Hey hey, my my.

Neil Young

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

O sonso

Tua força covarde me incomoda.
Teu sorriso e riso na minha calçada me ofendem.
Tua cabeça que se abaixa quando me vês me enoja.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

E tenham todos um bom dia!!!!!!!!!!


Essa tal de tequila chapa a gente, meu nego
Limão e sal no dedo e "vamo fica loco"
Mas essa tal de tequila chapa a gente, meu nego
Abre a garrafa porque eu quero mais um pouco
É pior que gasolina e que nitroglicerina
Dinamite, pólvora, seja o que for
Sal e limão, limão e sal
Sou pernalonga ou pica-pau
Voando pelo céu "tô" vendo estrelas
Se puser no tanque do carro, ele funciona envenenado
Motor de avião ou então fórmula um
Derrete mesa, fura porta
As "perna treme", a vista entorta
Essa bebidinha é do além


*Velhas Virgens

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Ainda a mesma!









A sensação de que ela era medieval, como a imaginara naquela primeira noite ao lado da fonte com seu cavalo, em termos de crueldade, justiça e amor cortes.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Respeito é bom, e todo mundo gosta e precisa! Mas bobice é bobice, e só.


A Emilia diz que a carne da Tia Nastácia é preta.
E não é?!
Ao que eu me lembre, é. É sim!
Quando ouvi a chamada para o telejornal, sobre quererem proibir uma obra de Monteiro Lobato, fiquei pensando em qual seria. Pensei em Reinações de Narizinho, onde ela, menina, casa com o Príncipe Escamado, pensei, alguém deve estar indignado com isso, com a personagem , influenciando meninas a procurarem namorados (príncipes, rsrs), ao invés de viverem suas infâncias. Tem bobo pra tudo! 
Quando vi que era Caçadas de Pedrinho, pensei que eram ambientalistas, apesar do Pedrinho não matar nenhum bicho ao que eu me lembro!, Até fiquei menos bicuda, porque caçar, matar, torturar animais, são coisas para guilhotina enferrujada, claro!. Mas era sobre isso. Sobre tia Nastácia ser preta na idéia da Emilia. Na idéia dela e na real!
Ah! “Tia Nastácia trepou feito uma macaca...”, sugere preconceito né? Hummm...”Aquela branquela lá parece um bicho de goiaba de tão branca”...Já ouvi isso! Direcionada a mim, também! Com um pouquinho de sol sem protetor solar “parece um camarão!” E risadas e gargalhadas...Isso também ouvi! E também direcionado a mim.
Tenho uma amiga, que por qualquer coisa que eu fazia, era chamada de loura burra. Eu sou muito tolerante a brincadeiras, até sobre isso, eu mesma brinco quando cometo algum erro crasso, ou quando quero me fazer de boba. Mas com essa moça era algo que começou a me atormentar. Se eu espirrava, era “loura burra”. Se eu tropeçava, “êee loura burra!” Se eu estava de mau-humor, “loura burra”! Se alguém me fazia algum mal, “Bem –feito! Loura burra!.”
Uma noite. Na cozinha de casa, eu cortando temperos para o jantar, ela e outra amiga sentadas à mesa, contou-nos ela uma história, que pouparei a quem ler de saber, já que não vale a pena. Ao término, disse eu, “mas ô negrinha burra você, hen? Mas vá ser negrinha burra assim no inferno hen? Como é que pode?”; A outra amiga baixou a cabeça, muda. Ela retesou-se, mostrou o desagrado na cara imediatamente, e como dz uma amiga minha a Dre, “engoliu seco e com farinha!”. Continuei a cortar cebolas, tomates e cheiros-verdes, cantando com a música que tocava, e ela nunca, nunca, nunca mais me chamou outra vez de loura burra!

O que deve ser ensinado e não machucar as pessoas! É que ser bom, é melhor do que ser mau! Não proibir livros! Eu duvido, conhecendo bem a realidade, que haja muitos professores capazes disso, mas isso já é outra história...
Daqui a pouco não dá mais pra falar do Saci, que é preto e perneta. (Vi no blog do Albino Incoerente que não se pode mais usar coisas como perneta, deficiente, portador de deficiência...não tenho a mínima idéia de como é politicamente correto falar sobre o Saci!)
E o Negrinho do Pastoreio? E o Bonequinho de Piche?

“A Cinderela não pode ser negra, porque é uma história européia!’ Eu disse isso a uma professora, afro-descendente, que certa vez falava sobre isso na sala de aula. Que éramos nós os brancos (eu rosada, rs), preconceituosos, porque as princesas, eram todas brancas. “Por que a mãe da Branca de Neve não pediu uma menininha pretinha?’ Mas por que ela pediria? Ela era branca, o rei era branco, (a história era européia também, se não me engano!). Onde está o preconceito? Nunca ouvi meus amigos gays reclamarem que o príncipe salvou a Rapunzel a invés de ficar com o aldeão bonitérrimo!.
Respeito é bom, e todo mundo gosta e precisa! Mas bobice é bobice, e só.
Ah! A professora me mandou pra fora da sala na ocasião, rsrs...6ª série...Agradeci por não ficar ouvindo suas baboseiras, rsrs...

Minha mãe me ensinou a ler aos quatro anos. Desde então sempre tenho um livro nas mãos. Monteiro Lobato nunca me ensinou a ser preconceituosa, má, ou dançarina de funk de morro. Li todos os seus livros infantis e se um dia tiver filhos humanos, eles lerão também!

Venha para a escuridão!


É o meu mau-humor me chamando!
Nem ligo mais, melhor obedecer do que lutar contra!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Acordar...


Enxugando os cabelos, ela o viu deitado na cama, de bruços. Parou para admirá-lo. Lindo o seu corpo. As costas longas subindo e descendo levemente com a respiração. Músculos à mostra, na medida certa. Não apreciava bombados. As coxas firmes um pouco entreabertas naquele descaso em que o corpo fica durante o sono.  O braço direito esticado, o esquerdo com a mão tocando o rosto. Os dedos quase se se encostando à boca de lábios cheios. Largou a toalha no chão e subiu silenciosamente na cama. Olhou-o por mais um tempo e sentiu o cheiro delicioso de homem da sua nuca. A dele era linda! Ele acordou com aquele misto de aspirar e suspirar dela e arrepiou-se todo com os beijos abocanhativos. Riu mansinho.-Oi, sussurrou. -Oi, sussurrou também. A mão no braço dele e a boca descendo para os ombros. Um sorriso meio bobo estampou-se no rosto dele. Sorriso de quem acorda de um sono bom e parece que acordado, continua nele. A boca descendo pelas costas.  No meio delas atingiu a coluna, desceu. Ele riu e tentou virar-se. Ela o prendeu com o peso de suas pernas fazendo-o desistir.-Fica assim, sussurrou-lhe ao ouvido. “Por que os homens têm essa pressa, tanto medo de não estar no comando?”. Um pensamento dela que era mais um sentir do que realmente palavras. Desceu a boca de novo pelas costas dele passando antes pelo braço, o que o agitou mais ainda. As mãos na bunda redonda dele que desceram para a parte interna das coxas. Ele gemeu. Abriu os olhos, bem desperto agora e sentiu a malha da calcinha dela úmida em suas coxas. Esticou o braço e puxou-a para si virando-se de costas na cama. Beijou-lhe de cheio a boca. Beijo longo, dado com vontade, com mãos nos cabelos e nas costas. Daqueles que o corpo todo se sente beijado. Ela o adorava quando era beijada assim. Sentia que podia desmaiar e recobrar insolitamente os sentidos dentro dele, tamanha era a união que havia em beijos assim. Riu tocando o rosto dele com as mãos. Os olhos dele como fogo brilhando. Beijou-lhe o peito sentindo o coração dele aos pulos. O estômago chato, a barriga lisa. Ele esfregou as mãos no rosto e nos próprios cabelos até segurar os dela enquanto ela, com a boca macia, fazia linhas e círculos em suas coxas. Ela se divertia fazendo-o esperar ao mesmo tempo em que se deliciava sentindo o sabor e o cheiro dele. Pele, pêlos, virilhas de homem. Ele puxou-lhe os cabelos quase com força quando ela colocou seu sexo duro dentro da boca. Era bom ouvi-lo gemer enquanto sugava, lambia, fingia que mordia. Aumentou o ritmo quando ele disse se nome. Estava próximo agora. Sabia disso quando ele disse com palavras tremidas ”não aguento mais” e gritou molhando o peito dela. Ela pensou “que bom que você é meu”.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Pra curtir comigo mesma porque to de ótimo humor!!!!!!!!!! Rsrs...


É uma louraça Belzebu
Provocante
Uma louraça Lucifer
Gostosona
Uma louraça Satanás
Gostosona e provocante

Òtimo!


Quase não vejo tv, e durante o dia, jamaaisssss...a menos que passe algum desenho naqueles domingos depois do almoço, caso esteja acordada, rsrs..Mas, dia desses, absurdamente liguei a única tv da minha casa, e passei pra TV Cultura. Agora sem o paspalho do Requião, que roubou a Rede Cultura Paranaense para mostrar apenas a si mesmo e a seus delírios, temos de volta, programas animadores, como esse ai! A moça é inteligente, conversa com os entrevistados sem pretensões e arrogâncias. É educada, amistosa sem ser excessiva, sem querer ser a melhor amiga de infância de todos. Sabe o que fala, o que mais me animou! Nada de Galisteusices como repetir as últimas palavras da última frase do entrevistado para dar a entender (para si mesma e para outros imbecis do naipe dele somente!), que ela sacou qual era, e muuuuito inteligente, teve que terminar a frase do outro. Pfui! Velharias tolas como Hebe e porra! Graças a Deus nem sei mais o que rola de porcaria assim! Gostei muito do programa, pena que esqueço de ligar a tv, rsrs...mas vale a pena ver! A apresentadora, Liliane, é modernosa sem forçação, sem aquela de “me vejam!”. As bandas, as que vi até hoje são legais, enfim, para quem como eu que acha tv era algo que era bom quando éramos crianças e víamos a sessão da tarde e de resto, prefere um bom livro uma boa companhia, um bom e decente rock’n’roll, vá lá ver! É massa! Absolutamente decente!!!

http://www.tvbrasil.org.br/estudiomovel/sobre/


Segue aqui, alguém que vi sendo entrevistado dentro de um ônibus! Vale! Simpatissíssimo! E inteligente!

http://coletivokinoia.blogspot.com/

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Hoje é aniversário da Bê!


Beatriz Isabel

Saudade de você no meu colo assim filha!
Minha filha amada! Como eu queria você aqui comigo agora minha pequenininha!  Pra te beijar, te dar um bife de aniversário, ter o teu corpinho gorducho e quentinho no meu colo, dormindo bem agarradinha! Pra ver você brincando com Lé! Provocando-o e depois pedindo ajuda vindo correndo pro meu colo quando não agüentava mais fugir dele! Rs. Pra ver você pulando no sofá no lugar da Titi, e fazendo beicinho quando ela chegava e ria da tua carinha te mandando pro chão de novo, rs. Pra você enfiar a lingua dentro do meu nariz, pra me dar bundadinhas me tocando pro outro lado para ter mais espaço pra si mesma na minha (nossa) cama. Ô filha! Quanta saudade a mãe tem de você!Um dia a mãe e o Lé (e a Titi) vamos estar juntos de você de novo! Como a mãe te diz todas as noites: Boa noite filha! Deus te abençoe, durma com os anjinhos! Que Deus te ilumine, te guarde te proteja e te reje. A mãe ama você filha! Mais do que tudo, mais do que todos, pra sempre, e o Lé também!

A Tina, o Borges, o Gatão e todos os animais lindos que estão ai com você no céu vão brincar com você e comemorar teu aniversário! Minha Luminosa! A mãe chora porque tem saudade e porque te ama e porque sabe que vamos estar juntas de novo!

domingo, 24 de outubro de 2010

Vá lá olhar! E se iluminar!

"O desenho feio não tem pretensão, ele se abre, conversa, se deixa olhar..."

http://desenhofeio.blogspot.com/

Leva, lavando, me deixando leve

Exposição figurino: O Grande Circo Místico
Se água nos olhos do palhaço molha
Menina dos olhos abandonada
Boneca de pano, de pena, chora.. pano
Água nos olhos da gente escorre
Corre beirando boca, ribeirão
Dorme junto ao coração
Faz do peito cachoeira
Leva, lavando, me deixando leve
Que a certeza não escorregue
Feito pedra de sabão
Bola, vidro, janela, bronca, tapa
Dias e dias sem televisão
Fecho porta pra não escutar briga
E, também, pra briga não escutar minha canção
Que faço distraindo a vida
Vou traindo minha sina
Distraindo decisão
Falo coisas que as vezes não faço
Sou boneca, sou palhaço, ponto de interrogação
Todo ser seria
Todo rio riria
Toda flor folia
Abajour pra escuridão
Toda brincadeira começa com alegria
Mas o sino do almoço troca o riso por feijão
Todo ser seria
Todo rio riria
Toda flor folia
Abajour pra escuridão
Toda brincadeira começa com alegria
Mas o sino do almoço troca o riso por feijão
Quero mais careta no retrato
Quero mais folia no meu quarto
Quero mais careta no retrato
Quero mais folia no meu quarto


*Folia no meu quarto-O Teatro Mágico

sábado, 23 de outubro de 2010

Lilian, corpinho de violão e lábios de Angelina Jolie!






Três fotos que adoro! Três momentos da nossa vida juntas: há cinco anos, no Estação, que nos encontramos por acaso, e claro, nos grudamos, rs. No ano seguinte no Parque Tupã, descabeladas, gritando ensandecidas naqueles brinquedos fuleiros! Um dos dias mais alegres da minha vida! E ontem, aqui em casa.

Lilian é dessas pessoas que falam sempre rindo! Impossível não gostar dela! Imediatista, teimosa, mimada. Rsrs, éee siiiiim!!!!!!!!! Delicada, meiga, doce. Beijoqueira, abraçadeira! Peladeira, cheia dos delírios esportivos! É minha amiga! Que eu adoro! Mesmo quando ela faz bico pra mim e diz “eu sei que você gosta mais do Ed e da Gi do que de mim”, rsrs. E eu respondo “claro que gosto dos seus irmãos mais do que de você!” e a aperto num abraço imenso, e ela ri, toda cheinha, rsrs.  

Neguinha Branquela da Loura!
Parabéns pelo seu aniversário! Tenha toda a Boa Sorte do mundo em todos os seus dias!
Amo você! Um abração!!!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

O passado morrendo


Às vezes você ouvia as coisas indo embora, não é mesmo? Elas caíam, nível após nível, deixando um buraco. Dava para olhar dentro dele. Ou cair lá embaixo, se você não tomasse cuidado.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Ou calado?

Eu deveria tentar com mais afinco a disciplina. Sou uma pisciana.......I say no, no, no, juntamente coma Amy, para as rotinas....mas, olha ai! Me acostumo rapidamente às situações. Contradições de uma alma contraditória.
MUDAR!                                                                            
MUDAR!
MUDAR!
Estou sempre nessa! Quero mudar, tenho que mudar, vou mudar!
Mudo?
Rsrs....

A Loba se enfeita com elogios outonais!

http://tantosoutonos.blogspot.com/2010/10/jack-vestida-de-loba.html#comments


Como diria minha amiga luminosa Sarah, lá vou eu "me favoritando"!.
Em um mundo sempre tão propenso a críticas e maldades, elogios de boa-vontade e bom coração, me fazem muitíssimo feliz!

Recomendo o blog do moço de além mar! Tudo lá é bom demais! Queria eu escrever bem assim, naquela coleção de palavras e significados insólitos, delirantes, verdadeiros, que gosto tanto de ler!  

Bom conselho!

"Ponha seus problemas em uma sacola e sorria, rapaz! 
Pare de se preocupar. Isso nunca adiantou nada mesmo!"


(All That Jazz)

domingo, 17 de outubro de 2010

Um sonho antigo que nunca se fez existir


Wanna pack your bags, Something small
Take what you need and we disappear
Without a trace we'll be gone, gone
The moon and the stars can follow the car
and then when we get to the ocean
We gonna take a boat to the end of the world
All the way to the end of the world
Oh, and when the kids are old enough
We're gonna teach them to fly
You and me together, we could do anything, Baby
You and me together yes, yes
You and I, we're not tied to the ground
Not falling but rising like rolling around
Eyes closed above the rooftops
Eyes closed, we're gonna spin through the stars
Our arms wide as the sky
We gonna ride the blue all the way to the end of the world
To the end of the world
We can always look back at what we did
All these memories of you and me baby
But right now it's you and me forever girl
And you know we could do better than anything that we did
You know that you and me, we could do anything
You and me together, we could do anything, Baby
You and me together yeah, yeah
Two of us together, we could do anything, baby
You and me together yeah, yeah
Two of us together yeah, yeah
Two of us together, we could do anything, baby
to reach the end of the world

Dave Matthews Band-You and Me

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Lendo o Carpinejar

O que é intenso, não é prático.

Me faz pensar...
                É?
                         Não é? 

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

De algumas crianças legais com suas avós



*Gustavo (com a avó na igreja católica em dia de celebração carismática): - “Eu quero! Eu quero dar testemunho! Hoje minha avó não caiu, não se bateu em nada e nem xingou móvel nenhum!”

*Hiago (com a avó, dentro do shopping, indo em direção a vacinação contra a gripe) :
- “Bebê! Se a moça perguntar se você tem alguma doença, algum problema, você conta pra ela que tem bronquite ta?
-Não vó! Não vou dizer que tenho bronquite! Não quero ter bronquite! Quero ter pressão alta que nem você!”

*Felipe (respondendo a visita metida a besta na casa da avó):
-“Fulaninho quer ser advogado quando crescer! E você Felipe?
-Quero vender Q-Boa e ter dor na coluna que nem meu avô!”

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Fracasso


Devolvo o que peguei por engano.
O seu podre coração.
Que eu pintei com as melhores cores.
Que eu quis tanto pra mim
Que você fingiu que também batia pelo meu.

Abomináveis cansativos 2


Torço por aqueles que já ralaram um monte e agora tem seus prazeres diante de seus olhos. Que curtem viajar para conhecer além de seus quintais. Aqueles que gastaram muita sola de tênis andando a pé e tem agora o conforto de seu carrinho. E os tênis passam a viver um pouco mais!
Mas cansada de um monte de gente chata, exibindo carros, mansões e viagens tolas. Pra mim? Pfui! Me diz? Quem é que vai a um Templo Budista e descreve a foto que tirou de seus peitos em decote V, “olha a decoração! Combinando com minha blusinha!”. Quem? Ta, eu sou grossa eu sei. Mas um Templo Budista não é um lugar pra quem vai até ele se sentir desapegado do mundo? Pelo menos um pouco? Nada contra tirar fotos! Gosto muito delas! Tiraria em lugar assim caso o visitasse, mas vá se catar peitões! Pensar em decoração?! É eu sou chata, eu sei.
Vá se catar vc aí com seu carro novo, já tinha um, mas precisava de mais, porque “liberdade é tudo na vida”! Jura?! Vá morar em São Paulo! Mostrar seu possante nos engarrafamentos! Se exibir pra mim nem rola, eu rio de vc, não sabe disso? Ah! Nem me conhece né? Por isso vem me ensinar Reik! Por isso vem me ensinar filosofias! Por isso me manda luz crística! (Essa realimente eu não conhecia, rs!Valeu! Mais uma pra rir!)
E a bobinha que entrou pra ‘facul’ e se entupiu de dívidas porque as riquinhas do lugar não podem vê-la coma mesma roupa todos os dias? Vamos rir? Vaaamoooos!!! Fala pro marido, vc TEM que comprar um carro urgente! Pelo menos uma moto! Como posso aparecer lá saída do ônibus todas a s noites, depois de trabalhar horrores de secretária? Eu quero ser administradora!!!!!!!!!! E a filha com piolhos em casa...Ah! Que feio! Eu sei...Sou má.
E a velha sem vergonha, descarada que vive de bolsa família, vale água, vale luz, vale gás...e anda se exibindo que vai pra Itália visitar o ‘filhote’! É? Hummmm...a mesma que acha um absurdo eu não ter carro, e não viajar ‘pra fora’. Círculo vicioso de tolices? Enquanto critica minha mãe por ela estar limpando a grama do jardim, critica a mim também ‘que pena que ela nunca quis fazer faculdade!’. Essa é outra novidade por aqui! Fuleiras criaturas fazem ares de vc é escória se disser que não esteve em ambientes de Geisy. Quer dizer, em poços culturais! Desculpem a iNgnorancia!  Onde eu deveria ir para mergulhar e ser alguém que tem carro e viaja. Sou uma quase mindinga ingnorante. ‘Ela se arruma tão bonitinha! Parece uma boneca, pena que sai de ônibus...’mais uma da que vive dos auxílios do governo, da igreja...Aiai...que cansaço!
Não minto que nunca pensei em ter um carro. Sempre tivemos aqui em casa, mas sou avoada, vivo nas nuvens...Já dei fechada em ônibus (de novo eles!) quando andava de moto...Sou péssima motorista, confesso! Pra quê então,né? Viajar, vai ser ótimo quando começar meu ciclo de conhecimentos mundanos, rs. Um dia vou! Eu acho...Rs. Faculdade? Passei em todos os vestibulares...Nada me apeteceu...Fazer o quê? ‘Coitada, não serve pra nada...O que deu de errado com essa guria?’ Perguntou um tio defunto já, enquanto pedia dinheiro dado, ops!, emprestado daqui de casa.
Por hoje é só pessoal! Como acabavam os desenhos da minha infância...odeio o Patolino!

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Desmagnetizada, enfim...(?)


Como bússola enlouquecida no meio do Deserto de Golan. Pés chineses entortando mais ainda meu andar. Alquebrada, desfalecida. Semimorta. Antes morta de todo! Gritava, descabelava-me em grossas lágrimas que o vento cicatrizava em meu rosto. Tempestades de areia me arrancaram a pele. Em carne viva rastejei. Dura, seca, andando sem rumo. O frio da noite gelava minha mente em pensamentos nefastos, em maldições e dor. O sol botava em fogo meu coração. Nunca te ocupastes de mim, pois eu já era brincadeira encerrada. Quebrei, tão dura estava. E eram cacos de mim quando me movi pela primeira vez em zilhões de tempos.

domingo, 3 de outubro de 2010

**


“O mundo quebra qualquer um, e depois muitos ficam fortalecidos nos pontos quebrados. Mas aqueles que não querem quebrar, a esses o mundo mata. Mata os muito bons, os muito finos e os muito corajosos: sem distinção. Se não fores nenhum desses, podes ter certeza de que ele também te matará, mas sem muita pressa.”

Ernest Hemingway

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Reação!!!!!!!!!!!

O diabo encheu o saco
E mandou a mulher passear
Ele tá de volta na noite
Ele tá de volta no bar
Ele sabe que nesse mundo
Ninguém muda ninguém
A gente é o que é
Quem gosta aceita o que tem
O mundo não pára de girar
E até o diabo pode recomeçar
O mundo não pára de girar
E até o diabo pode recomeçar



(Velhas Virgens)

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

O Sonho


Não havia roupas. Era um pouco teu quarto, um pouco o meu. Lençol branco macio. Risadas gentis. Mãos ágeis e fortes. Um não e muitos sins. Uma boca em uma nuca.
Acordei só, sorrindo. E me senti bem.

Piada?

"Deus move o céu inteiro naquilo que o ser humano é incapaz de fazer.
Mas não move uma palha naquilo que a capacidade humana pode resolver."

domingo, 26 de setembro de 2010

Conheço bem!


**Sonhar uma coisa é muito diferente de se ver face a face com ela de fato.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Agora? Pfui!


O que demora tanto para acontecer é como se não tivesse acontecido, ou até pior, pois a realização fora de hora do que tanto se desejou, acaba tendo um quê de sarcasmo.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Chên - O Trovão





Seu rugido é assustador, mas isto leva à felicidade. Ele ri e grita numa alegria aterradora. Assusta as pessoas num raio de 100km, sobressaltando as que estão mais longe e aterrorizando as que estão mais perto. Quem pertence ao Trovão, é alguém capaz de guardar o templo dos ancestrais e os santuários dos deuses da colheita; alguém qualificado para ser o chefe dos sacrifícios. Protetor, e se superior (evoluído), age com calma e cautela. Mas sempre impetuoso e entre perigos reais e imaginários, aflito. Pode ser capaz de vinganças sem sentir culpa.

Crente apaixonado SMS

"Jesús ti ama. E eu tam bem."

Eu deveria ter respondido que já me curei do dedo podre pra escolher homem?

Eu tbm gosto da idéia de Jesus, e quero alguém me amando sim! Mas puxa vida! Imagina vc aí, eu aqui, em conversas com um crente? Assim, tipo namoricando? Eu?! Eu 'tam bem' não!
Eu sou da espécie que cultua deuses, que tem tatuagens, que tem filhos cachorros. Que ouve e chacoalha a cabeça com rock'n'roll! Minha ascendência viking feiticeira não me permite laços tão estreitos com alguém que nem o nome do seu deus sabe escrever direito! Perdoe minha falta de jeito mas  não rola! Além do mais, sua esposa (crente adora chamar a sujeita que o atura de esposa e vice versa), pode não gostar e decidir tirar o demo de vc! Olha hen! Rsrs...De minha parte, pode me afastar cara senhora! Bem pra loooonge! Rsrsrsr...

Reprendido e Amarrado 3 veis!!!!!!!!!!!!     

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Inspirações de Stephen King

“Ela acordou na calada mais profunda da noite, quando a lua está baixa e a hora é nenhuma.
Sorriu só por dentro...onde era seguro sorrir.”


domingo, 19 de setembro de 2010

When in doubt, love...(?)


A heart that hurts is a heart that works! (?)

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Diane Leite

Nunca fui de comemorar os meus aniversários. Quando era criança, sempre faziam aquelas festas cheias de nhe nhe nhén, cheias de gente, e eu morria de vergonha, principalmente com toda aquela atenção voltada para mim na hora dos parabéns. De grande, não comemoro mais. Agradeço aos que lembram, na minha casa sempre tem bolo, e pra quem aparecer de surpresa nesse dia ganha quantos pedaços quiser, rs.

Nesse ano, tive uma surpresa adorável! E digo adorável, porque sei que foi de coração! Essa menina, linda, inteligente, engraçada e exuberante, que me dá a honra de ser minha amiga, a Di, apareceu aqui em casa com um bolão e champanhe! Também vieram seu filho Hiago, meu amiguinho, a Chirley, mãe dela minha amigona, e a Ju, amiga tbm, assim, uma irmã da Di, (sei que elas sentem isso só falta o mesmo sobrenome, de resto, já são, rs). Fiquei tão feliz! Sempre rimos muito quando estamos reunidas. Foi uma noite alegre, simples e da qual sempre quero lembrar. Hoje é o aniversário da Di, e espero aqui, dar um pouquinho da alegria que ela me deu (sem desmerecer a ninguém, é que a idéia foi dela, a da minha surpresa, rs).

Di! Preciosidade Loura! (rs) Te desejo com todo meu coração que tua vida seja sucesso sempre! A gente se vê pouco, mas você é uma das melhores amigas lá de casa. São palavras sua ditas a mim lá em fevereiro, que não esqueço e as repito pra você hoje! Gosto imensamente de você! Toda a Boa Sorte do mundo amiga!! Feliz Aniversário!

(Pra quem quiser conhecer o trabalho de Diane Leite, minha amiga, todos os sábados com o apresentador Vicente Rockenbach no programa PAUTA LIVRE, às 23:30 horas, com o quadro SAÚDE E BELEZA, na CWBTV , Que vai ao ar através dos canais 05 da operadora NET e 72 da operadora TVA.)

Buriol

O fim do inferno astral desse menino! Espero que se estenda pra todo o sempre! Menino tão parecido comigo! Ê nóis, hen? Rs...Chega a ser engraçado! Veio através de alguém que nem sabe o presente que me deu! Uma das melhores coisas de 2010 foi conhecê-lo! Pena que não foi antes! Um gringo das Minas Gerais, branquelo como eu, mas de olhos doces. Quando o vi nas fotos de sua irmã, uma moça linda com uns olhos imensos, eu pensei “que guri quietinho!” Comecei a ler o que ele escreve, e me vi lá no meio daquele jorro de pensamentos. Uma parte de mim é igualzinha a uma parte dele. E ele sabe qual é, rs.
Tem pessoas que nos são caras e a gente nem precisa pensar nos motivos. São e ponto. A gente gosta e isso é o que basta. Esse menino é sensível, delicado, briga terrivelmente consigo mesmo. É atencioso, inteligente. Sofredor de carteirinha, por si mesmo e pelos outros. Sonhador, rabujentinho, escritor, músico, desenhista...Alma de artista em delírios profundos e tenebrosos! Absurdamente perceptivo! Um carneirinho branquinho e bonzinho na montanha ouvindo rock’n’roll.
Amigo? Desejo com toda a minha alma que você tenha melhores dias! Que sua vida mude, que fique como você a quer! Que a Boa Sorte se embrenhe em todas as tuas células! Que o amor da tua vida venha logo! Que você seja feliz! É dia de desejar isso! É dia de achar que pode ser! Vai que o mundo gira, e o que está de cabeça pra baixo e te faz sofrer some? Vai quê? Rs...É o que se deseja pra alguém de que gostamos, certo? Feliz Aniversário Marcos! Que o mal se afaste de você pra sempre Menino dos Zóio de Doce! Eu gosto imensamente de você!!!!!!!!!
Te devolvo o abraço de urso que me deu! Três vezes! Porque três é mais legal! E assim eu te aperto mais! Rsrs...

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

O 7de Setembro















Esse feriado, na minha infância, era pra ouvir o Hinos, desde o Nacional até o da Marinha. Mas eu gostava! Sim! Verdade! Rs...O do Soldado então! Adorava! “Nós somos da pátria guarda, fiéis soldados, por ela amados...” Achava um saco ficar vendo, obrigada, os desfiles pela tv. Era um tempo totalmente perdido! Podia estar brincando, que é o que criança gosta de fazer, ora bolas! De adolescente, graças a Deus nada dos mais podres poderes comandando o país, os desfiles foram diminuindo de tempo na tv, ninguém mais me obrigava a vê-los, Em alguns anos fui forçada a ver pessoalmente, chato à beça. Mas agora, bom, durante o dia jamais ligo televisão mesmo, então, nem saberia dizer por quanto tempo passou pelas emissoras, os militares e os estudantes do Colégio Militar, enfeitados, os cavalinhos, e tudo o mais. Nem me dei ao trabalho de verificar. Mas domingo, passando de canal em canal, cheguei a Record. Não gosto especialmente do estilo de reportagens deles. Mas, cheguei bem na hora em que estavam mostrando o Queimadinho! Foi convidado, já recuperado do seu martírio, a desfilar com honras! Todo enfeitado, com capinha bonita, mas de cabeça baixa. Espero com todo o meu coração que ele não tenha sofrido, não tenha sequer se chateado por andar, devagarzinho, so seu jeitinho atual, ao lado do seu dono, do policial que o salvou e dos outros cavalos, tão grandes em relação a ele! E desejo que ele tenha se sentido bem ouvindo as pessoas, adultos e crianças gritando seu apelido, pelo qual agora é mais conhecido, enquanto fazia do desfile do dia da Independência, o que mais valeu a pena ter sido realizado!
Pra quem não sabe: Queimadinho estava amarrado, comendo uma graminha, quando um assassino da laia mais podre jogou litros de gasolina em seu corpo e ateou fogo. Os policiais do Regimento de Polícia Montada da PM do Rio o salvaram. Claro, agora ele anda devagar, suas cicatrizes rosadas repuxam quando ele se movimenta, e certamente jamais vai esquecer pela dor que passou. Imagino que seu dono não vá usá-lo mais para puxar carrocinha. O que realmente acredito que deveria ser crime! Odeio de verdade esses sujeitos preguiçosos que usam os animais dessa forma horrenda. Parece que o cavalinho vai para o centro de equoterapia da Polícia do Rio, ajudar a criançadinha com problemas motores. Já que o sinto pelo canalha imundo que torturou o cavalinho, é inominável. Nesse paizão legal, as pessoas, os “cerumano”, podem fazer o que quiserem com os animais que nada lhes acontece! Bom né? Pra mim, justiça é assim, amarrar o sujeito valeteiro, derrubar a mesma quantidade de gasolina nele, e atear fogo. Se aparecer alguém disposto a apagar, como aconteceu com o cavalinho, que apague, e se apagarem, e alguém quiser ajudar, que ajude e se ele conseguir se salvar...Senão...Pfui! Quem se importa? Eu é que não! Já não ta lá na Bíblia? Olho por olho, dente por dente? Deus me decepciona muito! Mas eu ainda não consegui desistir Dele. E desejo com toda a minha alma que o Queimadinho só tenha felicidade na sua vida de agora em diante! Eu sei que muitos animais vão sofrer horrores ainda nesse mundo todo. Se os humanos fazem isso com os seus iguais, ora, com os diferentes então! Deus não vai fazer nada a esse respeito, por mais que eu e zilhões de pessoas peçamos para que Ele os abençoe. E abençoe a nós também. Tem quem não quer ser abençoado e só deseja fazer o mal. Eu sei que nunca ouvi algum político nessa atual campanha, pelo menos aqui em Curitiba, dizendo que pretende fazer alguma coisa por eles. Mas deveríamos todos ser melhores. Eu também, porque não escondo que não sentiria pena alguma de ver sofrendo quem faz um inocentezinho sofrer. Talvez quando eu for uma pessoa melhor, daqui a 200 encarnações talvez, possa ver um mundo melhor...Eu sei que também tenho que melhorar...Mas quem tortura um bichinho indefeso, quem mata só pra ver morrer, pra mim, é desnecessário no mundo. Totalmente. Eu não perdôo.